AS TRAMAS SONORAS DO SILÊNCIO

Por Lau Siqueira

A Paraíba construiu uma das mais ricas estradas musicais no país do samba e da bossa nova. São muitos os caminhos percorridos por gênios como Jackson do Pandeiro e Sivuca. Daqui saíram expoentes que se consagraram no mercado fonográfico em diversos gêneros. Zé e Elba Ramalho, Chico Cesar, Cassiano, Herbert Viana, entre tantos nomes que trafegam nas idas e vindas de um rebuliço cultural brasileiro que dialoga com o mundo.

Nos dias de hoje essa efervescência cresce em diversidade e qualidade. O Projeto Música da Paraíba traduz com plenitude essa nova onda criativa espalhada em todos os gêneros. É o RAP na idade do metal, o rock na pesquisa do coco de roda, o forró da rabeca ao tímpano. Um oceano de possibilidades rompendo as barreiras invisíveis da vida.  Transgressões inventivas e poéticas que fomentam uma cena local que se permite transbordar.

O segundo edital do projeto Música da Paraíba revela mais uma vez a força de um movimento musical independente que cada dia  mais se fortalece na Paraíba e no Brasil, por fora dos canais midiáticos que reproduzem a pastagem ruminada da indústria fonográfica. São as tramas sonoras do silêncio que pedem passagem. Algo que um generoso nicho do mercado espera, mas muitas vezes sequer abre os braços para alcançar.


Numa luta permanente de resistência e sobrevivência estética por fora das estradas lamacentas da globalização, com a força ancestral e ao mesmo tempo futurista da música do mundo, a Paraíba pede passagem num planeta que aproxima o Senegal do Curimataú, a musicalidade indígena do litoral norte da Paraíba, com a mestiçagem dos becos de Nova Iorque. Tudo aqui tem jeito e força para ir mais longe. Eis uma música com cheiro de liberdade.  


Texto de apresentação do álbum Music From Paraíba que levará, em outubro, a música de 71 artistas paraibanos para a maior feira de música do mundo, a Womex. Este ano será na Espanha, em Santiago de Compostela. Após o lançamento do CD na Espanha haverá o lançamento em João Pessoa do projeto Música da Paraíba, incluindo os artistas os 71 artistas contemplados.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mário Quintana: A ABL VIROU UM DEPÓSITO DE MINISTROS

Em Guarabira tem Café com Poeira – Cultura e Resistência no Brejo Paraibano