Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

TINTO E O ABRIL PARA A LEITURA

por Lau Siqueira

Quando instituições culturais se juntam na busca de soluções orçamentárias e programáticas os melhores objetivos são atingidos. São caminhos assim que a Fundação Espaço Cultural da Paraíba – FUNESC e o Centro Cultural Banco do Nordeste – CCBNB começam a traçar. Já aconteceram diálogos e parcerias anteriores, mas na abertura de um dos eventos do “V Abril para a Leitura” esses caminhos ficaram mais definidos. Foram instigantes os diálogos  da abertura do evento, na última terça-feira, em Sousa, a Cidade Sorriso do Alto Sertão paraibano. Além de alunos da Rede Pública, lá estiveram representados municípios como Nazarezinho, Poço José de Moura, Cajazeiras entre outros. A cidade de Aparecida a sua grande referência, a Acauã Produções Culturais e Laercinho, seu secretário de cultura falando dos 18 anos do Festival Serjanejo de Poesia. Enfim, o V Abril para a Leitura chama a atenção para uma nova estratégia de política cultural das instituições.

Chamou a atenção, sobremaneira,…

O VERSO REVERSO DE CRISTINA CARVALHO

Por Lau Siqueira


O livro “Verso Reverso” da artista visual pessoense Cristina Carvalho traz boas revelações. Seus mergulhos lembram  Fayga Ostrower: “criar é um processo existencial”.  Cada página é pura pulsação. Pura floração humana. Seja pela delicadeza das formas ou pela proposta de  devolver objetos ao cotidiano, a partir de uma intevenção densa e suave. São laços de cetim transformando em arte a banalidade utilitária de frascos e caixas. São traços, cores e formas. Contrastes de sombra e luz  sobre o corpo da artista. Na verdade, o verso e o reverso de uma alma fêmea com suas  angústias e transbordamentos. Os enfrentamentos da sensualidade nos esgarçamento de um silêncio ao mesmo tempo ostensivo e pouco revelado.

Provocando infinitas leituras, o livro nos remete também ao pensamento de J. P. Sartre: “a imagem é uma coisa corporal, é o produto da ação dos corpos exteriores sobre nosso próprio corpo por intermédio dos sentidos e dos nervos.” O livro revela uma trama conceitual onde …

A ARTE NOS DIÁLOGOS DA UEPB

Por Lau Siqueira

A Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, vem aprofundando o diálogo com as artes e com a cultura. Não apenas por ter um Reitor que também é artista. O Professor Rangel Junior é forrozeiro dos bons. A verdade é que a arte vem ganhando espaços generosos na instituição. Não é de hoje que o Professor Joelson, em Monteiro, dialoga com a comunidade cultural do Cariri. Percebo que esta começa a ser uma prática permanente também no Campus IV, em Catolé do Rocha. Tanto em relação ao diretor do Centro, Professor Edivan Junior, ou aos professores Rômulo Lima, o adjunto e Jairo Bezerra, chefe do Departamento de Letras e Humanidades. O Campus conta ainda com outros professores e professoras antenados com a cena cultural. Em Catolé do Rocha, a UEPB tem o privilégio de manter em seus quadros uma artista excepcional, Cristina Carvalho, cujo trabalho vem sendo reconhecido e encanta no primeiro olhar. Já o professor Rômulo, fez história na cultura made in PB, com o Quebra Quilos. Isso…

UMA CANÇÃO PARA PÁDUA BELMONT

Por Lau Siqueira


Militante das melhores causas da cultura pessoense, Pádua Belmont faz parte da geração que traçou o próprio futuro pelas ruas de João Pessoa. Seja nas atividades do Musiclube da Paraíba, no lendário projeto Fala Bairros ou nos demais movimentos de cultura independente da terra do Coletivo Mundo. Sua luta vem de longe. Dos tempos em que o Fundo Municipal de Cultura eraLei Viva Cultura - uma conquista do Movimento Cultural da Paraíba através de um projeto de lei do então vereador pela capital, Ricardo Coutinho. Desde muito tempo Pádua está presente na vida cultural da cidade. Seja como artista ou como funcionário público, desempenhando com esmero suas funções na Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego – FUNESC. Um guerreiro da vida e da cultura. Não poderia, pois, ter outra postura ao enfrentar uma das mais devastadoras doenças de toda a história da medicina. O confronto com o câncer, com suas dores indescritíveis e as implacáveis necessidades do tratamento quimioteráp…